Entretenimiento

Supremo Tribunal recusa libertação de Lula da Silva – Mundo – Correio da Manhã

PDVSA, Venezuela
A Fortaleza medida para adelantar primarias demócratas

O Supremo Tribunal Federal do Brasil rejeitou na quarta-feira um recurso da defesa que pediu a libertação imediata de Lula da Silva e adiou a análise de outro, deitando por terra a esperança do ex-presidente brasileiro de sair da cadeia antes das férias judiciais do mês de julho. O primeiro recurso, em que Lula pedia a anulação da sentença devido a um erro processual supostamente cometido pelo juiz Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, foi recusado por 4 votos a 1. Havia ainda um segundo recurso, no qual Lula pedia igualmente a anulação da sua condenação a 12 anos e um mês por alegada parcialidade do então juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, mas o juiz Gilmar Mendes, argumentando que não havia tempo na sessão para o julgar, propôs que a análise do caso fosse adiada mas que o antigo presidente pudesse aguardar a decisão em liberdade. Por três votos a dois, os magistrados concordaram com o adiamento mas não com a libertação provisória de Lula e ele vai ter de esperar até pelo menos agosto para o caso ser reanalisado. Lula e os advogados tinham esperança de vitória neste último recurso devido à revelação recente de mensagens em que Moro parece coordenar ações com o Ministério Público para conseguir provas contra o ex-presidente. Segurança de Bolsonaro preso com cocaína A polícia espanhola prendeu na terça-feira, em Sevilha, um militar brasileiro que faz parte do dispositivo de segurança do presidente Jair Bolsonaro para a cimeira do G20, no Japão, por transportar uma mala com 39 kg de cocaína. Bolsonaro confirmou a notícia e prometeu total cooperação para apurar os factos. Devido ao incidente, o PR brasileiro, que viajou noutro avião, alterou a rota do voo e, em vez de Sevilha, fez ontem escala em Lisboa. Deputado escondeu fortuna em Portugal O deputado Paulo Preto, acusado de lavagem de dinheiro na Lava Jato, tentou escapar à Justiça transferindo 3,7 milhões de euros para Portugal. A fortuna de Preto é superior a 30 milhões de euros e resulta de subornos de construtoras. Parte do dinheiro financiava o PSDB. PORMENORES Lula mantém ceticismo Ao contrário dos advogados, que estavam otimistas com uma possível liberdade condicional, Lula acredita que a condenação dele foi política e que as forças poderosas que o levaram para a prisão vão fazer de tudo para ele não sair. Outros processos Além do caso em que foi condenado a 11 anos e um mês de cadeia e cujo recurso está pendente no Supremo, Lula já foi condenado noutro processo a mais 12 anos e 11 meses, e enfrenta ainda outros sete processos por corrupção. Continuar a ler